eco-vegan lifestyle

  • Sarah Mendonça

BENEFÍCIOS GERADOS MEDIANTE UMA ALIMENTAÇÃO BASEADA EM VEGETAIS

Relação de estudos de caso comparativos entre onívoros e veganos.


Alimentação baseada no consumo de vegetais oferta nutrientes (vitaminas, minerais) e macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras), em quantidades necessárias para suprir as demandas diárias.


Além disso, uma alimentação pensada em vegetais, oleaginosas, cereais e sementes podem proporcionar uma nutrição preventiva. Atua na prevenção de doenças que poderiam ser instaladas a longo prazo, como, por exemplo, doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares).


Estudos demonstram que os vegetarianos e veganos apresentam pressão arterial menor (entre 5 mmHg e 10 mmHg), comparado com indivíduos onívoros, e menor prevalência de hipertensão arterial.


O baixo teor de colesterol presente em uma alimentação plant based, reduz o risco de doenças cardiovasculares. Conforme Teixeira et al (2006), a mortalidade por doenças isquêmica do coração foi 24% menor em indivíduos veganos comparado a indivíduos onívoros.


NAVARRO, et al (2002), desenvolveu dois estudos, em ambos, encontrou-se menor prevalência de fatores de risco cardiovascular em veganos e vegetarianos, comparados a indivíduos onívoros.


A mistura de arroz integral com leguminosa (feijão, lentilha, ervilha, soja, grão de bico) oferece a quantidade de aminoácidos essenciais necessária para o organismo, com a vantagem de não carrear gordura saturada, além de devolver as fibras nas proporções ideais à dieta. Os cereais integrais contêm quatro a cinco vezes mais fibras que um volume similar de vegetais e cerca de 15 a 20 vezes mais fibras que as frutas, dão a sensação de saciedade e são alimentos com baixo índice glicêmico.


Nesse sentido a alimentação plant based, previne o risco de diabetes tipo 2 e poderá ser utilizada em tratamentos quando o diabetes estiver instalado, pois atendem às diretrizes para o tratamento do diabetes.


As evidências demonstram a viabilidade de obter saúde em uma alimentação baseada em vegetais, e, por vezes, utilizadas como forma de tratamento quando algumas patologias estiverem presentes. Estudos comparativos entre alimentação onívora e vegana possibilitam afirmar os benefícios que uma alimentação pura, baseada em vegetais pode gerar para a saúde.


Sarah Mendonça

@sarahmnutri

nutrisarahm@gmail.com


Fontes:

TEIXEIRA, C. M. A, et al. Estado Nutricional e estilo de vida em vegetarianos e onívoros. Revista Brasileira Epidemiologia. Grande Vitória, v. 9. n 1, p. 131-143, 2006.

NAVARRO, J. C. A. et al, Pressão sanguínea, perfil lipídico e outros parâmetros laboratoriais em indivíduos adventistas vegetarianos, semivegetarianos e onívoro. São Paulo, Universidade de São Paulo, 2002 (tese).

9 visualizações0 comentário

2020 POR TAIARA DESIRÉE - CNPJ 26.259.889/0001-10 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.