eco-vegan lifestyle

  • Isabella Muniz

CORRIDA CONTRA O TEMPO: ADOECIMENTO vs. AUTOCUIDADO

Qual é a balança de uma vida saudável?



Uma busca implacável por velocidade, resultados imediatos, aceleração constante do ritmo natural, esse é o retrato dos tempos modernos em que vivemos. Agora, já pararam pra refletir quanto isso nos afeta? Vamos descobrir?


Hoje em dia vemos diversas fórmulas de como mascarar essa realidade através do consumo, o marketing está cada vez mais incisivo nos meios midiáticos, empurrando mil fórmulas, cursos, jornadas, pra capturar esse desafio. Porém quero trazer um dos princípios que uso nas minhas consultas, que é sobre estar no presente, no AQUI E AGORA. Tal percepção permite viver uma vida com mais qualidade, olhar os desafios e convocar as ferramentas que estão disponíveis no momento atual. E quem disse que isso é uma tarefa fácil? Como qualquer exercício, é preciso treino para se tornar eficaz.


Para introduzir e facilitar um pouco a vida de vocês selecionei algumas perguntas mais recorrentes que venho recebido, para irmos desvendando juntos... Vamos lá!



Como lidar com o passado?


“O passado é uma roupa que não nos serve mais”, já dizia Belchior. Você sabia o quanto é importante de tempos em tempos limpar as vivências do passado? Pois quando deixa acumular muita pendência, conflitos emocionais ou situações mal resolvidas, é como se fosse uma janela suja, se olharmos através dela tudo fica embaçado e perde a clareza de como agir numa situação presente.


A sabedoria está em olhar para o que passou com a intenção de não repetir os mesmos erros, se perdoar, mas não permanecer ali, sabendo que seu Eu-passado não existe mais. A persona que viveu aquelas experiências já se transformou e agora tem uma nova bagagem. É saber honrar a própria história mas não se agarrar em mágoas e atitudes anteriores. É sobre desapegar. DESAP(EGO). Limpar. E seguir com coragem para ir adiante. Deixar ir. Não acumular sentimentos/pensamentos que drenam energia dentro.


Agora quero lhe propor um exercício em forma de meditação, coloque uma música gostosa e respire fundo... aos poucos relembre tudo isso que te incomoda ainda, pode ser uma situação ou pessoa. Visualize a situação e agora escreva num papel como você gostaria que fosse, qual seria o novo desfecho desse caso. Feito isso, pegue um isqueiro ou fósforo e queime. Visualize a chama do fogo transmutar tais sentimentos, com a intenção de liberar, esvaziar e perdoar... tome o tempo que precisar e depois desfrute a leveza de não carregar mais esse peso...





Como não se apressar pro futuro?


É preciso começar situando e ancorando no presente pois ficamos vulneráveis quando a ansiedade chega à tona e vem descarregando cargas de neuroses uma atrás da outra. Como num jogo de dominó, basta abaixar uma peça para desencadear toda fileira abaixo. Em estado de ansiedade, sinapses constantemente se criam com maior velocidade. E se você não tomar as rédeas desse cavalo corredor que são seus pensamentos, quando viu já está vagueando com a mente, acreditando aquilo ser o seu presente, mas é mera ilusão e projeção mental. NÃO CONFUNDA, você não é sua mente! Atente-se a coisas concretas quando se encontrar perdido na onda mental.


Viu só como é um mecanismo traiçoeiro? Ao Apressar o ciclo das coisas, querer viver tudo de todas as maneiras, dar conta de tudo, e se desconectar do ritmo natural pode gerar uma explosão emocional que tem efeito como crises de ansiedade/pânico. Ou também se afogar no passado pode gerar a depressão.




E como sair disso, Bella?


Primeiro, não existe uma fórmula mágica genérica pra todos, que funciona da noite pro dia. (Sim, seria meu sonho haha). Mas não posso dizer isso. É preciso ir aos poucos. Retomar o ritmo não é sobre estar no controle, e sim sobre ENTREGA genuína. Descartar os medos e neuroses para esvaziar a mente dos fantasmas e retornar ao vazio brilhante do momento presente.


Quais as opções?


Existem várias técnicas desde yoga, meditação e também as terapias... O próprio atendimento psicológico é uma ferramenta riquíssima para lidar com tudo isso. Numa sessão, transformações reais e profundas acontecem. Estudamos juntos sua história de vida para então compreender a situação que se encontra. E abrimos as trilhas para seguir adiante com maior cuidado e atenção, retomando seu próprio ritmo e compasso de modo orgânico. A partir deste processo terapêutico, você será capaz de construir mais autonomia e inteligência emocional para lidar com os novos desafios que aparecerem...


É sobre VIVER com qualidade e não apenas existir. É aprender lidar com leveza e estar presente, para se entregar um dia de cada vez...

E você, como está se sentindo hoje?

Quer viver essa magia do presente?


Continue acompanhando os posts e também realizo atendimentos on-line, marque uma consulta.


Com amor,

Bella.

@eco.psicologia

101 visualizações0 comentário