eco-vegan lifestyle

  • Taiara Desirée

PRINCÍPIOS UNIVERSAIS DO PACTO GLOBAL

Entenda o que é o Pacto Global e para que servem os seus Dez Princípios Universais



O Pacto Global foi lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, significando um convite para as empresas alinharem suas estratégias e operações a 10 Princípios Universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. Estes dez princípios são derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção.


As organizações que passam a fazer parte do Pacto Global comprometem-se a seguir esses princípios no dia a dia de suas operações, e a busca tem sido cada vez maior, de modo que o Pacto Global é considerado, atualmente, a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 13 mil membros em quase 80 redes locais, que abrangem 160 países.



Sustentabilidade


Para o Pacto Global “Empresas de sucesso serão aquelas que atendem às necessidades do maior número de pessoas possível, utilizando o mínimo de recursos e se envolvendo em um diálogo significativo com suas partes interessadas”.


Sabemos que a Sustentabilidade e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são metas a serem alcançadas por todos os povos em todo o mundo. Ademais, precisamos de novas maneiras de se fazer negócios e os princípios do Pacto Global trazem a inovação e a longevidade necessárias para isso. O relatório Better Business, Better World aponta US$ 12 trilhões em oportunidades de negócios até 2030, em apenas quatro setores: alimentos e agricultura, energia e materiais, saúde e bem-estar e cidades. Pensando também na qualidade de vida de toda a cadeia produtiva, a conquista dos ODS pode criar 380 milhões de novos postos de trabalho até 2030.


Estamos observando cada vez mais que apenas o foco em crescimento econômico não basta, uma vez que não há como negócios prosperarem em sociedades falidas e em uma natureza completamente degradada.


Para António Guterres – Secretário Geral das Nações Unidas – “O que precisamos não é de uma abordagem progressiva, mas de uma abordagem transformacional. E precisamos que as empresas se unam por trás da ciência, tomando medidas rápidas e ambiciosas em suas operações e cadeias de valor”.


A Consultora do Programa Nações Unidas para Desenvolvimento- PNUD e Consultora de Responsabilidade Social, Inalda Barros Béder, explica que “O Pacto Global é uma iniciativa voluntária que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras. A Rede Brasil do Pacto Global é a terceira maior rede do mundo, com mais de 950 membros, constituída no país por meio de uma associação sem fins lucrativos que trabalha em parceria com a sede do Pacto Global mediante a celebração de um Memorando de Entendimentos”. Inalda Béder também elenca algumas razões para se aderir ao Pacto, vejamos abaixo.




Por que as empresas devem aderir aos Princípios do Pacto Global?


  • Poder adotar um quadro de políticas estabelecidas e reconhecidas mundialmente para o desenvolvimento, a execução e a divulgação de políticas e práticas ambientais, sociais e públicas;

  • Participar de uma plataforma para compartilhar e trocar as melhores práticas para avançar em soluções e estratégias de desafios comuns;

  • Ter a oportunidade de criar soluções de Sustentabilidade avançada em parceria com uma variedade de stakeholders, incluindo governos, sociedade civil, trabalhadores, agências e programas do Sistema ONU e outros interessados não relacionados a negócios;

  • Ter a oportunidade de conectar unidades de negócios e suas redes de subsidiários por meio da cadeia de valor com a rede de países do Pacto Global da ONU ao redor do mundo – muitos destes em mercados emergentes e em desenvolvimento;

  • Ter acesso ao vasto conhecimento e experiência das Nações Unidas sobre assuntos de Sustentabilidade e Desenvolvimento;

  • Poder utilizar ferramentas e recursos de gestão do Pacto Global das Nações Unidas, assim como a oportunidade de participar de grupos de trabalho nas áreas relacionadas aos 10 Princípios do Pacto;

  • Entre outros benefícios





Quais são os 10 Princípios do Pacto Global?


  1. As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente.

  2. Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.

  3. As empresas devem apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva.

  4. A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.

  5. A abolição efetiva do trabalho infantil.

  6. Eliminar a discriminação no emprego.

  7. As empresas devem apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.

  8. Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental.

  9. Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.

  10. As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.



É importante destacar que o Pacto Global não é uma certificação, trata-se de uma iniciativa empresarial baseada em princípios, ancorada nas Nações Unidas, que apoia as empresas a trabalharem de forma estratégica com sustentabilidade e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que integram a Agenda 2030, que por sua vez, significa um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade.


Todas as organizações, de diferentes setores, são encorajadas a trabalhar para o alcance desses objetivos, pois trabalhar com os ODS significa estar em alinhamento com uma agenda global e possibilita atração de novos parceiros e investidores, facilita um ambiente de inovação e amplia transparência e melhor comunicação dos impactos gerados.


Nesse sentido, o papel do Pacto Global da ONU é engajar o setor privado mundial para que desenvolva ações que contribuam para o alcance da Agenda 2030.


Para mais informações sobre o Pacto Global acesse o site da plataforma ou busque uma Consultoria em Sustentabilidade. Eu posso lhe ajudar com isso. Envie-me uma mensagem para: contato@taiaradesiree.com. Será um prazer lhe atender!



Taiara Desirée

CEO-Founder do Bloguesia

Consultora em Sustentabilidade e Veganismo

@taiaradesiree


Fonte: Pacto Global

34 visualizações0 comentário