eco-vegan lifestyle

  • Taiara Desirée

NUTRIÇÃO VEGANA E AYURVÉDICA: BATE PAPO COM ASTRID PFEIFFER


Nutricionista e autora de dois livros premiados mundialmente pelo Gourmand World Cookbook Awards, Astrid Pfeiffer fala sobre Nutrição Vegana e Ayurvédica. Não perca esse bate papo!


Com um currículo recheado e uma brilhante trajetória profissional, Astrid Pfeiffer, tem muito conteúdo para compartilhar conosco.

Nutricionista formada pela Faculdade Integradas "Espírita" [Curitiba]; Pós-Graduada em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria Nutricional [São Paulo] e em Nutrição Esportiva Funcional pela VP Consultoria Nutricional [Curitiba]; Antropometrista nível 1 - Isak; autora do livro: "Detox dia a dia" - Eleito melhor livro de dietas do Brasil e o segundo melhor do Mundo pelo Gourmand World Cookbook Awards em 2017 [China]; autora do livro: "A cozinha vegetariana de Astrid Pfeiffer" - Eleito o melhor livro de culinária vegetariana do Brasil e o segundo melhor do Mundo pelo Gourmand World Cookbook Awards em 2012 [Paris].

Além disso, também é Terapeuta Ayurveda formada pela Escola Yoga Brahma Vidya [Florianópolis e Índia]; Especializada em Nutrição Ayurvédica pela International Academy of Ayurved [Índia]; Terapeuta Nutricional pela The Health Sciences Academy [Austrália]; tem Curso livre de Exames Laboratoriais na Avaliação e Prescrição Nutricional [Rio de Janeiro]; é Colaboradora da Sociedade Vegetariana Brasileira [SVB]; Nutricionista colaboradora dos livros de culinária vegetariana: Em Busca do equilíbrio nutricional, Merenda Vegetariana, Revolução Vegana. É Palestrante de Congressos de Nutrição e Docente de cursos de extensão e pós graduação em Gastronomia e Nutrição Esportiva.

Pensando em trazer informações sobre a Nutrição Vegana e Ayurvédica [natural], tanto para desmistificar quanto para conscientizar as pessoas sobre os inúmeros benefícios que o Veganismo e a Ayurveda proporcionam à nossa saúde, convidei a Astrid Pfeiffer para um bate-papo bem especial. Vamos conferir?!


BATE PAPO

TAIARA. Olá Astrid, obrigada por aceitar o convite e por sua presença aqui o Bloguesia, seja bem-vinda. Para começarmos o nosso bate-papo, conta-nos um pouco sobre você e como você se tornou vegana.

ASTRID. Olá Taiara, obrigada pelo convite! Eu sou vegetariana há 14 anos e foi uma decisão pelos animais. A minha mãe é vegetariana desde os 12 anos, então, desde criança, sempre tive na minha casa alimentação vegetariana e não vegetariana. Depois comecei a trabalhar como Nutricionista no SPA Lapinha que é um SPA vegetariano. Em seguida, publiquei os meus livros e durante essa caminhada eu ficava oscilando entre o vegetarianismo e o Veganismo. Vegetariana sempre, mas, como vegana, ficava uns 6 meses e parava, para mim, era um pouco mais difícil deixar de consumir os queijos. Mas, em outubro do ano passado, iniciei no Veganismo e agora sinto que será diferente, pois tenho muito mais consciência em relação aos lácteos e ovos, sobre a exploração dos animais e, principalmente, pelos benefícios físicos que estou sentindo. Quando me tornei vegetariana, não senti muita diferença em meu corpo relacionada a metabolismo e digestão, talvez pelo fato de eu nunca ter comido muita carne. Mas, agora, estando vegana, eu sinto muito mais esses benefícios. Eu tenho alergia a proteína do leite, e hoje não fico mais inchada, não sinto dores nos meus membros inferiores, porque o inchaço me dava muita dor, a minha digestão é muito mais rápida, me sinto com mais energia, disposição e mais leve. Isso também faz com que eu me mantenha firme no Veganismo!


TAIARA. Normalmente, as pessoas que desconhecem o Veganismo, têm muitas dúvidas sobre o poder nutritivo do reino vegetal. Com frequência escuto, “mas você vai enfraquecer”, “precisa de proteína, cálcio...”, “você consegue ter energia durante todo o dia?”, “vai perder massa” e por aí vai... Você pode explicar um pouco sobre a Nutrição Vegana e o quanto ela é nutritiva e mais saudável que a tradicional?

ASTRID. Realmente ainda existe muito mito em relação à alimentação vegetariana e, ainda mais, com a vegana. Porém, nos dias de hoje, a gente já tem muita informação, então, quando um profissional médico ou nutricionista fala que “não pode ser vegetariano, muito menos vegano”, eu digo sempre que ele está desatualizado. Não é falta de informação, é falta de atualização! Porque, hoje, a gente já sabe os benefícios que o vegetarianismo e o Veganismo trazem para nossa saúde como: diminuição de alguns tipos de câncer, de doenças cardiovasculares, menor risco de diabetes, obesidade, etc. A alimentação saudável [vegetariana e vegana] traz esses benefícios, inclusive no esporte!

Eu nunca pensei em trabalhar com Nutrição Esportiva e hoje é a área em que eu atuo. Terminei a pós-graduação de Esportiva Funcional e agora iniciei pesquisa comparando veganos e não-veganos na atividade física de alta intensidade, então, estou sempre estudando mais sobre esse tema para justamente ter suporte e poder mostrar para as pessoas que elas podem ser veganas e que elas vão encontrar, na alimentação, os nutrientes como ferro, cálcio, proteína, entre outros. Somente a Vitamina B12 é que precisa ser suplementada. Os benefícios da saúde são muito maiores para as pessoas veganas comparado com as não-veganas ou não-vegetarianas. Lembrando sempre que essa comparação é de uma alimentação saudável, pois se uma pessoa for vegana e ficar comendo apenas arroz branco com batata frita, por exemplo, consequentemente, ela terá problemas de saúde, apresentando desequilíbrios nutricionais, falta de vitaminas e minerais, assim como uma pessoa que consome carne e não tem uma alimentação saudável. Por isso que eu sempre falo, o Veganismo deve ser saudável para que a gente tenha os benefícios.

Quando a pessoa vegetariana ou vegana tem uma alimentação saudável, normalmente, há um consumo bem maior de frutas e verduras, de alimentos integrais, de leguminosas como feijão, lentilha, grão-de-bico, castanhas, etc. A gente tem uma diversidade de alimentos como os outros, mas, quem come carne, acaba não consumindo tanto essa variedade de alimentos. O consumo de alimentos saudáveis traz benéficos para o nosso corpo, como antioxidante, fitoquímicos, fibras... Enfim, essa é a nossa vantagem!


TAIARA. Quanto à Vitamina B12. Você pode falar a respeito e tirar as dúvidas dos que estão se adaptando ao Veganismo?

ASTRID. A vitamina B12 é sintetizada por bactérias. Os ruminantes como o boi, por exemplo, têm o estômago dividido em quatro, e ele tem dentro dele essas bactérias que podem produzir a vitamina B12, então, é possível encontrar essa vitamina nas carnes do gado. Mas frango, peixe ou porco não produzem essa vitamina. Eles comem algum alimento de origem vegetal ou animal e conseguem só “um pouco” da vitamina B12, tanto é que os artigos científicos mostram que frango, peixe e porco tem uma quantidade de vitamina B12 muito baixa, e o leito e o ovo, menos ainda, pois, por serem excreções, a quantidade é muito menor. Os estudos ainda apontam que mesmo as pessoas que consomem carne, devem fazer o exame de vitamina B12 para ver o nível que está, se estiver abaixo de 450, a pessoa já começa a sentir os sintomas da deficiência, então o ideal é que o resultado esteja acima desse valor.

A Vitamina B12 está relacionada com a parte cognitiva como memória, concentração, raciocínio... Ela também protege a bainha de mielina, que é responsável por acelerar a velocidade da condução do impulso nervoso [estímulos], então, tem relação com a liberação de dopamina e serotonina que são neurotransmissores de bem-estar e alegria, sendo, portanto, uma vitamina relacionada ao humor. Mas quem é vegano não precisa se preocupar, pois existe a suplementação da vitamina B12.


TAIARA. Assim como a alimentação Vegana, a Medicina e a Nutrição Ayurvédica também são fontes naturais de saúde e bem-estar. Explica para os leitores porque optar por esses procedimentos orientais e milenares é fundamental para a nossa vida.

ASTRID. Eu sou Terapeuta Ayurvédica e utilizo muito a Ayurveda no meu dia a dia, nas minhas refeições, com o uso de especiarias e em tratamentos com óleos essenciais. Ela é muito abrangente! Posso falar dos resultados da Ayurveda, pois quando morei na Índia, tive a oportunidade de fazer tratamentos e acompanhar vários casos de doenças e cura com o uso das ervas, com a alimentação e com as massagens terapêuticas. Hoje, trabalho com a Nutrição Funcional e com a Ayurveda, pois acredito e sei dos benefícios que ela traz para a nossa saúde e bem-estar, por isso também aplico no meu estilo de vida, que acaba sendo bem mais natural e saudável. Sempre busco, primeiro, ir para essas linhas de alimentação e de médicos mais naturais [homeopatas], evitando a química e a dependência de medicamentos. Mas, claro que há casos em que o paciente irá precisar de outros tipos de tratamentos, devido a alguma disfunção endócrina, fisiológica ou química. Nestas hipóteses, deve ser feita uma avaliação por um médico! Mas sempre que a pessoa puder buscar o lado natural e saudável como a Ayurveda, com certeza terá um benefício muito maior, pois esses tratamentos não são agressivos ao nosso corpo, muito pelo contrário, eles estimulam o funcionamento e a detoxificação, não colocando química, mas, produtos naturais que ajudam de uma maneira integral as funções do nosso corpo.

TAIARA. A nutrição vegana tem alguma restrição [gestante, idade, atleta]?

ASTRID. Existem vários órgãos, principalmente a American Dietetic Association - Ada, que afirmam que em qualquer faixa etária a pessoa pode ser vegana. Gestantes, bebês, crianças, adultos, idosos e atletas, ou seja, toda pessoa em qualquer ciclo de vida, desde que ela tenha uma alimentação equilibrada e saudável, pode ser vegana!


TAIARA. O seu livro "Detox dia a dia" foi eleito melhor livro de dietas do Brasil e o segundo melhor do Mundo pelo Gourmand World Cookbook Awards em 2017 [China]; e o livro "A cozinha vegetariana de Astrid Pfeiffer" foi eleito o melhor livro de culinária vegetariana do Brasil e o segundo melhor do Mundo pelo Gourmand World Cookbook Awards em 2012 [Paris]. Conta um pouco sobre o que os leitores podem encontrar nas páginas dessas renomadas obras.

ASTRID. Na verdade, eu fiquei surpresa com as premiações dos meus livros. Eles me trouxeram muita alegria em ver o quanto eu pude ajudar milhares de pessoas. O primeiro já está indo para a terceira edição e o segundo livro já está indo para segunda edição. Eles têm uma saída muito boa! Eu sempre recebo muitas mensagens dizendo o quanto os livros ajudaram em relação à saúde, a ter ideias, em ser receitas fáceis de fazer, nutritivas, gostosas... O primeiro livro é uma “introdução” para quem não sabe cozinhar nada, as receitas são fáceis, nutritivas e veganas, então quem tem intolerância à lactose pode fazer as receitas. Já o segundo livro “Detox dia a dia”, eu demorei mais tempo para fazer e ele ficou bem mais elaborado, pois ele é 100% sem glúten, açúcar, ovos, lácteos e carnes. É um livro 100% Vegano! Eu também distribuí as receitas desse segundo livro desde o café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. É um livro muito completo e qualquer pessoa pode fazer as receitas, mesmo quem é celíaco, intolerante à lactose, vegano ou até mesmo quem come carne. O tema ficou “Detox”, porque todas as refeições são feitas com alimentos saudáveis e integrais, que ajudam no processo de detoxificação do nosso corpo. É um livro com uma variedade muito grande de ingredientes, onde a pessoa terá uma boa base do que pode comer no café da manhã, no almoço e no jantar. Gosto bastante dos meus dois livros, mas o segundo é bem específico!


TAIARA. Por fim, de maneira geral, qual mensagem você gostaria de deixar para o Mundo?

ASTRID. A minha mensagem para o mundo é clara! Trabalho com a consciência alimentar, então, eu desejo realmente que as pessoas tenham mais consciência do que elas estão colocando para dentro de si próprias. Elas precisam saber por que estão escolhendo aquele alimento, quais benefícios ele pode trazer e como vai nutri-las, e não ficar comendo inconsequentemente, provocando desequilíbrio endócrino e metabólico. É preciso ter uma alimentação saudável e consciente desde a questão dos nutrientes até a questão do “não agredir os animais”, pois a gente não precisa desses alimentos. Então é importante que a pessoa tenha, pelo menos, um pouquinho de consciência e que, no seu tempo, ela vá mudando e percebendo os benefícios no seu corpo.


Então chegamos ao fim de mais um bate papo incrível, repleto de boas informações para quem busca um estilo de vida mais consciente, saudável e livre de crueldade. Se você já é vegano, espero que tenha aproveitado bastante as dicas e se atualizado um pouco mais.

E se você ainda não é vegano, aproveito para deixar mais um convite especial: Dê uma chance ao veganismo, tenho certeza que não irá se arrepender. Ser vegano faz bem a você, aos animais, à sociedade e ao Planeta!

Não esquece de acompanhar a Astrid Pfeiffer através do site astridpfeiffer.com.br e também no Instagram @astrid_pfeiffer para ficar por dentro das novidades.

Um super beijo e #GOVEGAN

Taiara Desirée

#GourmandWorldCookbookAwards #AstridPfeiffer #NutriçãoVegana #NutriçãoAyurvédica #Ayurveda #NutriçãoClínicaFuncional #NutriçãoEsportivaFuncional #ConsultoriaNutricional #Antropometrista #Detoxdiaadia #melhorlivrodedietasdoBrasil #AcozinhavegetarianadeAstridPfeiffer #TerapeutaAyurveda #EscolaYogaBrahmaVidya #InternationalAcademyofAyurved #TerapeutaNutricional #TheHealthSciencesAcademy #SociedadeVegetarianaBrasileir #livrosdeculináriavegetariana #Gastronomia #NutriçãoEsportiva #bloguesiaentrevista #interview #batepapo #TaiaraDesirée #govegan #vegano #Vegana #vegan #veganismo #AmericanDieteticAssociationAda #AmericanDieteticAssociation

101 visualizações

2020 POR TAIARA DESIRÉE - CNPJ 26.259.889/0001-10 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.